O dia dos namorados não existe

Por Juliana

Calma! Não invadiram meu computador nem abduziram todo o romantismo que mora dentro de mim. Também não se deve esse título à nenhuma provocação a você que atualmente namora. Vou explicar logo abaixo.

Vá ao dicionário e procure por “namorar”. Eu fui. Namorar = retirado de enamorar. Significados: cativar, inspirar amor a, seduzir, tornar-se enamorado, afeiçoar-se, apaixonar-se, ficar encantado, desejar, fitar alguma coisa com afeto e insistência, empregar todos os esforços para obter.

Namorar é o que mais falta no mundo de hoje e não é uma data de superfaturamento do comércio que vai me convencer do contrário. Talvez quando conseguirmos nos entender de fato como humanidade, convivendo com as diferenças, faça mais sentido a celebração.

Se a cobertura jornalística deixar de ser forjada e irresponsável e os jornalistas estiverem enamorados pelas informações e mudanças reais que elas podem provocar, quem sabe!

Quando pararmos com essa sina de debochar e discriminar por peso, cor, religião, dinheiro, território, opinião, vício, som, identidade, vingança e o escambau. E estivermos mais interessados em namorar a semelhança inerente: somos todos humanos.

No momento em que política se definir como um espaço de debates para o bem comum. Organizados e enamorados pela vontade coletiva e harmônica, estaremos juntos empregando esforços.

Quando pararmos de comer dinheiro para ostentar o que não somos em nome de poder e sucesso, poderemos namorar a natureza e nossa maior conexão, a Terra.

E mesmo os casais… quantas relações falidas, sem afeto, baseadas no desrespeito ou na carcaça. Incapazes de namorar o ato de amar, com a liberdade e aceitação que isso exige.

E ainda quantos de nós, robôs da sociedade moderna que se esqueceram de namorar a si próprios! Tolos, provocamos sentimentos e vontades por prazer, enganação, brincadeira, autoafirmação ou qualquer bobagem. Esquecemos de enamorar-nos por nós mesmos e pelos outros com intensidade.

Me desculpa a indelicadeza se o capuz não lhe serve. E se não lhe serve mesmo, em nenhum nível, fico devendo um parabéns bem alto. Não por hoje, mas por todos os dias.

Enquanto o dia dos namorados for vendido nas prateleiras como a felicidade embrulhada pra presente, desconfie.

Somente quando capazes de provocarmos uns nos outros paz, aconchego e harmonia, seremos namorados reais. Da vida e para a vida.

Anúncios

12 Comentários

Arquivado em Juliana

12 Respostas para “O dia dos namorados não existe

  1. Brilhante, Ju. Meu preferido. Com certeza o capuz serve para todos nós em algum nível. “Namorar é o que mais falta no mundo de hoje”

  2. Mayra

    Perfeito! Uma data não significa nada se vc não vive o dia dos namorados todos os dias, em todos os sentidos!

  3. Profundo, não tinha visto por este lado. Mas acredito que um pouco de amor no coração de cada um pode sim mudar o mundo. Uma coisa é bem verdade: cada um fazendo sua parte e chegamos lá. Sem medo da Morte, sem medo de decepcionar-se. Amar uma causa por exemplo é uma grande chance de transformar uma realidade. Amar uma pessoa é uma grande chance de mudar a si mesmo 😉 Como sempre, a Ju escolheu bem as palavras (e me inspirou para o pŕóximo texto) ! bjos

  4. Simples: Dia dos Namorados é uma data comercial. O dia dos namorados é todo dia que alguém namora alguém.

    Bom texto!

  5. Gabi

    Gostei das palavras sábias 🙂

  6. Thiago Pugliesi

    Olha, eu também sou avesso à “sazonalização” das demonstrações de afeto à(ao) namorada(o), ao pai, à mãe, às crianças etc e tal.

    Falando especificamente sobre o “12 de junho”, eu acho que namoros, noivados ou casamentos só valem a pena se você tiver um “Dia dos Namorados” a cada 24 horas, pelo menos (apesar das discussões e discordâncias que fatalmente ocorrem). Se não foir assim, não vale a pena levar um relacionamento a sério… 😉

  7. Maurício Thomaz

    Adorei, Ju. É bom saber que mais pessoas pensam dessa forma!
    Beijão.

  8. Érica Franzoni

    Juu, mto bom seu texto! Parabéns Gêmea, adorei! Beijo grande

  9. Ewerthon

    concordo… mas e pra falar pra dona maria q isso td eh apenas comércio?! hihihi… por essas e outras q naum comemoro o dia dos namorados pelo título, mas pq faço aniversário de namoro nesse dia!!! entaum eh o dia do meu namoro!!! rs…
    mas eu lembro bem de qd vc era dona maria de alguém e como enamorava nesse dia viu… rs…

  10. ai ai.. esse é o problema de passar o blog pra quem conhece a gente de verdade rsrs. Querido, eu sempre errei a mão por overdose, quero comemorar o dia dos namorados todos os dias! =)

  11. Murataaaaa

    Muito bom,concordo com você quando diz que isso virou algo vendável ,é uma pena que agimos assim(me incluo nessa).
    Escreva mais juliana,escreva!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s