A despedida

Por Juliana

“Não sei se foi o medo do abraço de despedida que a fez passar em casa quando eu estava fora. Ela tinha que me entregar uma blusa que esqueci na casa dela há mais de um ano. Seria esse o motivo? Quando vi aquele pacote, todo enrolado com fita adesiva grossa, quase fiquei brava.. como não entrou pra me agradar com aquele sotaque gostoso do interior? Mas logo percebi um bilhete dobrado em cima da blusa e imaginei que estava correndo, diria pra nos encontrarmos outro dia, quem sabe no final de semana?

Não foram necessários mais do que dois minutos pra meus olhos percorrerem as palavras e o tempo de alcançar as últimas se confundiu com as lágrimas que já caíam.

Dizem, e não sei porque a gente teima em não acreditar, que damos mais valor quando perdemos. A distância que vai nos separar agora é de aproximadamente uma hora de carro e eu ainda não entendo se meu choro é porque até ontem ela era de dez minutos ou se porque sei que, voltando pra casa, ela deixa aqui distâncias muito maiores do que essas, que se pode contar no relógio.

O frio está chegando e a blusa será útil… Será que imagina o quanto a amizade dela já me protegeu?  Ela escutou o coração e seguiu em frente. E eu a admiro, como sempre foi.

Não estou certa de muitas perguntas sobre o futuro, mas um dia estaremos juntas de novo, olhando pra mesma direção, essa de caminhos difíceis que nem todos tem coragem de pisar. Como sei? Não sei.

Não estamos longe. E nunca estaremos.

Seja feliz, amiga!”

Com a devida autorização, hoje compartilhei com vocês essa mensagem enviada a uma amiga muito especial minutos depois de ficar sabendo que ela estava voltando pra “casa”.

Se pudesse, incluiria uma última frase agora:

“Te amo de graça, pessoa boa.”

Beijos e um gostoso final de semana!

Anúncios

4 Comentários

Arquivado em Uncategorized

4 Respostas para “A despedida

  1. Graziele Storani

    “Obrigada por ser quem você é” ela me disse. Como se essa frase não fosse me levar pro momentos extraordinários que dividimos com algumas crianças, algum barro e muito sentimento.
    Como se eu não fosse sentir de novo cada segundo de saudade do dia que abracei uma blusa e chorei baixinho lembrando da coragem mais doce que já conheci nesta vida.
    Será q você sabe quantas vezes aqueceu meu coração com a sua doçura? Minha doce Juju, o mundo é mais feliz porque você existe e eu, então?!
    Tem presentes que a gente ganha sem conseguir entender pq merece e você foi um desses que o Papai do Céu fez e simplesmente melhorou a minha vida.
    Te amo de graça, e pra sempre!

  2. Ai, Ju… chorei porque sei bem o que é isso e porque choro assim “de graça”. Lindo texto e linda mensagem. Hoje foi mais um dia que agradeci pelos amigos que tenho, inclusive você.

  3. Então….depois de ver a resposta da Grazi entendi um pouco melhor. Despedidas não são naaaada fáceis. Meninas, são lindas mensagens que vocês compartilharam, assim como são lindos os sentimentos que as unem!

  4. Ju, hoje passei aqui de novo para ler e reler. As saudades aumentaram tanto, amiga. Tem sentimentos aqui que precisam demais do seu abraço e do tanto de compreensão serena, dosada e construtiva que você consegue transmitir com um olhar. Minha doce Juju, sinto saudades.
    Um beijo enorme.
    Grazi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s