Minha primeira resenha literária no 20 Tantos…

Não são minhas unhas, ok?

Não são minhas unhas, ok?

Estou lendo um livro sobre um escritor. Romances sobre escritores, biografias escritas por jornalistas e livros de fantasias estão entre meus títulos favoritos. Viajo na leitura, me deixo levar pelos sentimentos e imagino o rosto e os jeitos de cada personagem. Se o livro me cativar o devoro, mas quando chego no final vou lendo lentamente, para a amizade durar um pouco mais.

O Jogo do Anjo tem um título pouco convidativo, mas a fama do autor Carlos Ruiz Zafón o precede e o sucesso do “A Sombra do Vento” me fez aceitar o empréstimo de uma amiga para ler a segunda aventura na Londres espanhola, Barcelona. (Cidade que me apaixonei sem conhecer depois de assistir Vicky Cristina Barcelona…). O Jogo do Anjo, escrito em 2008, é o romance mais recente de Zafon. Teve mais de um milhão de exemplares vendidos na Espanha. Fazendo algumas pesquisas descobri que o autor vive em Los Angeles (EUA) e faz roteiros para o cinema, além de escrever para os jornais espanhóis La Vanguardia e El País.

Isso faz muito sentido. O fechamento de cada capítulo parece o escurecer das câmeras para a próxima cena, ao mesmo tempo, que a narrativa envolvente e cheia de palavras se aproxima muito de um cronista que observa a cidade e dela quer tirar os episódios mais corriqueiros e transformá-los em uma história imperdível.

Fiquem tranquilos, esse texto não contêm nenhum spoiler pois eu ainda não terminei de ler. Mesmo assim tive uma vontade grande de escrever sobre este livro que tem prendido todo o meu tempo livre, ou seja, horário de almoço e enquanto estou no metrô. Não leio antes de dormir, certas partes dão medo! Parece um filme de terror. Ontem mesmo lembrei daquele episódio de Friends onde Joye e Rachel escondem seus respectivos livros assustadores no congelador.

David Martin comeu o pão que o diabo amassou quando era criança apenas por que tinha o sonho de ser escritor. Viu seu pai morrer no lugar de outra pessoa, foi apadrinhado pelo melhor amigo, um jornalista escritor, e depois traído. Seu primeiro romance assinado com seu nome é um fracasso na crítica. Seu único e grande amor se casa com outro, ele descobre ter uma doença incurável em plenos anos 1920. Descola uma assistente tagarela e passa por maus bocados ao investigar a morte dos ex- proprietário da casa onde mora. Para coroar tudo isso: recebe uma proposta inimaginável para escrever um livro com um propósito no mínimo maligno. Só que ele não sabia disso antes de aceitar. Agora é tarde.

Apesar disso, Martín não deixa de ser uma boa pessoa. Não seixa de ajudar, de buscar a verdade. Mesmo acabado ele procura em sua vocação a única chance de ter felicidade, mesmo que esta felicidade venha vestida de satisfação. Algumas cenas são realmente humanas, nos deixam com o coração na mão e imaginando: será que existem pessoas assim? Ou será que é tudo literatura?

Ficaram curiosos? Então tratem de começar a ler esse livro…

p.s:  Livros são a alegria de muitas pessoas, principalmente de uma das pessoas que mais gosto e não existe, trata-se do livreiro Sempere, que ajuda Martín quando ele não tinha mais ninguém. Falta pouco menos de uma semana para os meus 23 anos, e eu achei melhor escrever sobre a alegria de algumas pessoas e a minha: livros. Ainda tenho 7 anos para escrever meu best-seller e ficar famosa antes dos 30 |o|.

O Escritor....

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Izabel

2 Respostas para “Minha primeira resenha literária no 20 Tantos…

  1. Juliana

    Bel, adoro ler e ouvir sobre livros. Quando terminar os 452 que estão na minha listinha, vou procurar ler esse. Beijinhos!

  2. Edielson B. do Carmo

    Oi querida, amei ler sua resenha, e para quem ainda não terminou de ler, posso dizer que você captou o melhor que o livro pode nos dizer. Como percebe, já li e recomendo, os dois! Espero sim um dia ler um livro escrito por você antes dos seus trinta.

    P.s. Sou um apaixonado por livros, e, como tal, sou totalmente promiscuo… rs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s