O dia do divórcio

Por: Marianna Abdo

E aí bateu aquela vontade de me divorciar de mim mesma. Afinal, são 24 anos! Quem não cansa? Quase bodas de prata e aquelas mesmas manias, aquelas mesmas encanações, aquele monte de jornais espalhados pelo quarto e agora essa mania de seriados (!).

Eu fico com os livros! Com o cachorro também!

E aí a lembrança daquele monte de coisas tão nossas: Quem mais entende seu mau humor em um sábado ensolarado? Quem te acompanha em suas insônias? E os ataques de riso em lugares proibidos?

Não, não dá mais. Não quero olhar pra você no espelho na hora de escovar os dentes, não quero dormir com você. Vai que, justo hoje, seu sono não vem?

Postei no facebook minha vontade. Nada poderia magoá-la mais.

Como qualquer casal nessa situação, adiei a volta pra casa. Optei pela sala do cinema e não pela mesa do bar.

No meio da comédia romântica um sms. Dele.

“Estava aqui pensando… se você pedir divórcio da Marianna, manda ela pra mim, ta?”

E só foi alguém te querer para eu mudar de ideia. Amo você novamente, começa aqui uma lua de mel.  

 

Anúncios

4 Comentários

Arquivado em Marianna

4 Respostas para “O dia do divórcio

  1. Reflexões com final feliz e reconciliação!
    Esta é minha filha!!!
    Amo demais

  2. Aiaiaiaiaiai dupla personalidade! Seus textos estão cada vez melhores! bjos!

  3. Ai, o SMS nunca me decepciona…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s