Fica 2011

Por: Marianna Abdo 

Todo mundo pedindo para o ano acabar e eu desejando que ele dure um pouco mais e já explico. 

Na adolescência fui muito ligada ao Ano Novo. Acreditava que ele traria mudanças, que era a oportunidade de recomeçar, fazia mil promessas e não cumpria a metade, usava calcinha nova e pulava com o pé direito. Mas os três primeiros anos da minha idade adulta me fizeram perder um pouco dessas crenças. 

2010 estava no final e eu estava ali: acima do peso, completamente descrente, devastada por duas perdas e assim, resolvi trazer de volta meu lado adolescente, mas com uma dose de racionalidade. Fiz quatro promessas. Apenas quatro. Delas, três foram cumpridas já no primeiro semestre. A quarta? Bom, confesso que essa não era de coração. Hoje eu sei. 

No primeiro dia de 2011 senti que os 12 meses que viriam trariam mudanças. Olhei para os seus olhos e com uma convicção enorme disse: “As coisas vão mudar esse ano”. Para nós ou entre nós, as coisas não mudaram no ano novo, elas acabaram. E sim, o ano trouxe para mim, e quero e desejo que para você também, o que buscavámos e não poderíamos encontrar no outro. E já que estamos no fim do ano, fica aqui os meus (agora) sinceros votos de felicidades. 

Em 2011 soube o que era medo. MEDO, companheiro. Medo companheiro. E mesmo diante dele, não existiu o caos. E essa foi a minha maior conquista do ano. 

Mais uma guerra, mais uma luta pesada, inimigo conhecido e… mais uma vitória. Porque lutar com campeões, com guerreiros de vida e com amor só pode acabar em vitória, seja qual for o resultado do placar. 

E como se isso já não cantarolasse o suficiente “não se afobe não, que nada é pra já”, vem Ele e o abraço tão cheio de paz que inquieta e a intimidade nata e não construída. Mas essa é uma parte boa do ano e agora, de mim, que ainda não consigo escrever. Obrigada, danado. 

E quanta mudança no cenário! Rostos novos, vozes mais altas, risadas escandalosas, olhares inquietos, amigos, colegas, parceiros. 

E por esse novo repertório, escolhas, prazeres, cheiros, sabores, paixões e formatos que 2011 acaba no calendário, mas fica em mim.

Anúncios

8 Comentários

Arquivado em Marianna

8 Respostas para “Fica 2011

  1. Juliana Olivieri

    Nossa!!! Amei, Má! Que liiiiiindo! Obrigada por ter a sensibilidade para escrever algumas coisas que eu simplesmente ainda não consigo. 2011 deixa mesmo um gostinho de “quero mais”. Um deles é “quero mais” a sua amizade. Beijo enorme!

  2. Que 2012 seja uma continuação das coisas boas de 2011. E que faça as coisas ruins irem embora da melhor maneira possível. Tamu junto, mano!

  3. Magnólio

    2011 foi lindo!!! Cheio de princesas novas na minha vida!!!!!
    Mas 2012 vai ser tão bom quanto!!! Vem ni mim 2012!!!!!!!!!

  4. Mariana Massa

    Lindo Mari!!!
    Ano Novo é só uma passagem no calendário, na escola, na faculdade… e na idade (humpf!). Mas na vida… são experiências, sentimentos, alegrias, tristezas e medo que se marcam em nossas lembranças e com elas o amadurecimento!

    Beijos!!

  5. Mariana Gomiero

    Fui eu que escrevi?? Incrivel a sensação de mudanças, senti o mesmo e escreverei sobre.
    Feliz 2012 amiga querida. Não estaremos juntas na virada, mas estaremos juntas de coração. bjs Ma

  6. Lindo filha! Fico feliz com a maturidade das reflexões e a juventude que renova forças e esperança. Obrigada por ser minha Marinha e bola pra frente, Feliz 2012!

  7. Prica

    O texto mais lindo do 20 e tantos. E eu preciso dizer que fui privilegiada ao lê-lo com exclusividade. 🙂 Sim, sem modéstia, eu fui a primeira.
    Assim como para você, 2011 também me trouxe novos cenários, novos sorrisos, novos ABRAÇOS, risos, lágrimas, olhares inquietos, confidências… E você fez parte de cada um desses momentos. Espero que em 2012 tudo isso venha em dobro! Amo e não vive mais sem (mesmo com as nossas briginhas diárias…rs).

  8. Medo companheiro. MEDO, companheiro. O contrário do amor não é o ódio, e sim o medo. Ele é maior quando enfrentado sozinho e o “inimigo” é desconhecido. Se tiver um time forte ao seu lado e conhecer o que vem pela frente, o medo vira pó.

    Você cresce, aparece, cria asas e vai para lugares que nunca imaginou que existissem com pessoas sensacionais que só mereciam uma chance. Chance dada, ano mágico e uma nova vida começando.

    Feliz ano velho e que você nunca pare de conhecer, descobrir e experimentar. =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s