Quem viver verá. E quem não viver restará.

Como é estranho sentir a morte de alguém que você mal conhecia e que com certeza não fazia ideia de minha existência, mesmo tendo conversado cinco segundos comigo, uma fã, e com minha mãe na FLIP 2009.

Eu não sabia que ele era casado, ou que tinha filhos. Não sabia que já tinha publicado 17 livros. Mas eu o lia, um pouco atrasada, no Estadão, e já achava o máximo ele ter refeito os passos de Euclides da Cunha, escritor favorito do meu avô.

Então, no último dia do ano, vem a triste triste triste notícia de sua precoce precoce precoce morte. Por que, por que, por que as pessoas jovens se vão? Com a vida toda pela frente. Com tanta coisa por fazer! Com filhos para ver crescer, pessoas para amar, leitores para encantar.

A morte me prega peças. Me deixa com raiva, me deixa triste com Deus. Onde está a fé que eu preciso para aceitar que certas coisas são como são? Por que as pessoas boas vão cedo?

Corruptos não morrem, estupradores não morrem, nem pedófilos. Melhores amigos, irmãos, mães, pais, professores, colegas de infância, ídolos. Deus os pega pela mão e chama para viverem ao seu lado, iluminando, com seus talentos e prendas, o céu.

O título, uma tentativa de aforismo, em homenagem ao brilhante Daniel Piza, que foi brilhar no céu dos jornalistas e escritores.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Izabel

Uma resposta para “Quem viver verá. E quem não viver restará.

  1. É Bel, esses são imortais, a vida humana é assim! Ciclos são interrompidos pela fatalidade e Deus nos ajuda a suportar tudo isso!!!
    Beijos
    Eliana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s