Já que o mundo não acabou…

Pode parecer que não, mas eu sempre estive à procura. Meu coração inquieto nunca soube bem se decidir sobre nada. Amigos alguns, empregos por um tempo, gostos e manias então ganhei vários. Meu coração grande e bonachão, modéstia a parte, sempre arrumou espaço para “mais um” nessa trupe de circo que são minhas emoções. Pois a inquietude ficou sem palavras quando conheceu a tranquilidade do Rafael. Ela até tentou derrubar tudo logo no começo a amizade, colocando outras curvas nessa estrada. Eis que um ano depois do trauma e dois da perda de alguém muito especial, que meu coração se abriu para alguém que merecia ter sido o primeiro e único. A inquietude quis abalar a calmaria como pode: viagens, brigas, ciúmes, diferenças. Mas não teve como. Deus sempre sabe que o nosso coração quer de fato. E minha trupe circense montou seu picadeiro em outro coração que lhe deu tanto amor, que ela nunca tinha recebido de alguém que não fosse do seu sangue (ou tivesse te conhecido antes de ficar bem chata – eu tô bem chata ultimamente). Meu coração é enorme. Ainda cabe Deus e todo mundo. E sempre caberá. Porém, dirigindo o circo ao meu lado temos outro coração gigante. Apesar de desconfiados, nos completamos. Almas gêmeas nos achamos. Que seja eterno enquanto dure.

aliança1

p.s.: fui pedida em casamento. Dia 21/12/12 às 21h12. Já que o mundo não acabou…

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Izabel

Uma resposta para “Já que o mundo não acabou…

  1. celia meo

    Parabéns.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s