Linha Tênue

Dizem que existe uma linha tênue entre o amor e o ódio. Dizem que esses seriam os sentimentos mais próximos e mais extremos ao mesmo tempo. Eu acredito que existe uma linha tênue em tudo que nos somos, fazemos e acreditamos.

Existe, por exemplo, uma linha tênue entre contar um história e fofocar. Pra cá, é só contar um causo, seu ou de alguém próximo, mesmo algo bem bizarro que aconteceu com o amigo, da namorada do primo do seu vizinho.

Pra lá está aquela pontinha de maldade de todos nós, pessoas legais, jovens, descoladas, que pagamos nossos impostos, compramos bala no farol, chocolate no trem e ainda ajudamos velhinhas a atravessar a rua, temos. Aquela pontinha de maldade de contar, ou pior, recontar aquele comentário desnecessário que alguém fez e já virou motivo de falação por trás da pessoa.

Existe uma linha tênue entre a amizade e o coleguismo. Do lado de cá, aquele perdão automático, aquela franquesa, aquela mania de mesmo no terror ver graça em tudo e dar um jeito em tudo.

Do lado de lá, o fato de só lembrar quando precisa, só chamar quando não tem jeito, só conversar quando está de bom humor. A arte de suportar as pessoas é a tinha tênue. Colega você suporta, amigo você é. E você também pode ser amigo de uns, ser colega de outros, entenda, não dá para ser amigo de todo mundo.

Existe também, meus caros e minhas caras, a linha tênue entre o líder e o chefe. É minha gente, não existe chefe só no trabalho, e não existe líder só na queimada (aquele jogo que a gente tinha que queimar, ou proteger, a abelha rainha). Apesar de acreditar muito na anarquia como modo de organizar as coisas, líderes são bem-vindos para mim. Principalmente quando todos tem um chefe, e seus chefes tem um chefe e assim por diante. Não dá, pelo menos não agora, para anarquizar com um setor, liderar outro e chefiar outro. Ou é tudo no mesmo padrão ou não é padrão nenhum.

Mas voltando a linha tênue, não vou ficar explicando as diferenças tênues entre líder e chefe, podem procurar qualquer matéria da Você S/A que lá tem dúzias e dúzias de matérias sobre isso.

Onde mais há uma linha tênue? Ah! Entre a brincadeira e a xacota, entre não poder fazer e fazer corpo mole, entre permitir e ignorar.

Tem uma frase que uma amiga (que até hoje me inspira com suas atitudes) disse certa vez e eu odiei, afinal, a carapuça serviu e quando carapuça serve você deixa de amar e passa a odiar. Uma frase bíblica do Apocalipse, que, veja só, é a linha tênue entre o céu e a terra. O Juízo final.

“Seja quente, ou seja frio. Se for morno, te vomito” Apocalipse 3:15-16

Traduzindo, tome partido, saia de cima do muro, da linha tênue. Seja uma coisa, ou seja outra. Pode até mudar de ideia no meio ou no fim do percurso. Mas, por favor, não seja morno.

valores invertidos
Achamos a foto aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Izabel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s